terça-feira, fevereiro 09, 2010

Araruta, resgate de um cultivo tradicional

Conhece essa planta? Já comeu os biscoitinhos de Araruta? Difíceis de encontrar hoje em dia, com a gigantesca indústria alimentícia que nos ronda.
A Araruta é cultivada bem pouco aqui em São Paulo. Um pouco no vale do Ribeira, mas era muito manejada pelos índios. Não por acaso que seu nome, deriva de "Aruak root Starch" - Arrowroot - ou polvilho da raiz do Aruak. Ou também é conhecida como planta rezadeira, já que ela fecha as folhas diariamente.   Existem comunicados técnicos da embrapa sobre a planta, além do CERAT - Centro de Raízes e Amidos tropicais, com várias pesquisas.
Abaixo coloco e-mail de Cearence (Francisco Artur Pinheiro Alves) que encontrei pela net é um entusiasta da cultura!

"FÉCULA E FARINHA DE FIBRA DE ARARUTA

Estou me dedicando a produzir um novo produto da raiz da araruta: FARINHA DA FIBRA DA ARARUTA. O que se tem normalmente é a goma ou fécula da araruta, ainda não vi a farinha da fibra da raiz da araruta. Vou explicar como leigo.
Araruta é uma batata branca que quando moída ou triturada e lavada, solta uma goma branca, que ao decantar é secada, desidratada e peneirada, aí temos a fécula. Sá que de um saco desses de 25 quilos de ração, por exemplo, cheio de batata de araruta extrai-se por volta de uns 5 quilos de goma, o resto vai jogado fora. E de que se constitui este “resto”? de fibra. Deve haver alguma utilidade para esta fibra. Daí foi que veio a idéia de produzir a farinha desta fibra.
A primeira experiência está sendo boa, produzi uma pequena amostra e dela fiz um pouco de mingau e nós tomamos aqui em casa. Até as crianças gostaram, posto que foi um sucesso entre os adultos. É como se fosse mingau de aveia, sendo fino. Vou presentear a algumas pessoas da família para fazer o teste e vou leva-la para o curso de nutrição da UECE – UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CEARÁ, para experimentar. Se der certo, no segundo semestre pretendo produzir e colocar à venda. Acredito que o preço desta farinha vá ser uns 30% mais barato que o da fécula, que também pretendo iniciar uma pequena produção, pois já tenho alguns pedidos e não tenho produção para atendê-los, o que está me forçando a faze-lo a partir da próxima safra. Mesmo assim, depois do carnaval, tenho alguns quilos desta farinha para colocar à disposição de quem queira experimenta-la a preço de custo.
Que vocês acham desta idéia.

MUDAS DE ARARUTA PARA 2010

A quadra chuvosa do Ceará está atrasada, estima-se que só a partir de março. Dia 19 de março é o limite para sabermos se temos inverno ou se é seca. Quem é cearense sabe o que isso significa. Pois se chover brevemente teremos mudas para 2010. A propósito gostaria de saber daqueles que compraram mudas nos anos anteriores, se as mudas se deram bem, se pegaram, como dizemos na linguagem popular. Também gostaria de saber se estão interessados em mais mudas, para que venhamos a nos preparar. Temos novo blog: www.ararutadecapistrano.blogspot.com e novo e-mail instituto.calumbi@yahoo.com.br . Esperamos a sua comunicação. "

8 comentários:

saudade da araruta disse...

Olá, já tenho 50 anos. Porém nunca vou esquecer que quando criança tomei muito mingau de araruta. Essa raiz era cultivada no sitio de meu pai. Minha preparava o mingau com o polvilho e com a farinha deliciosos bolos. Uma delícia, diga-se de passagem.

Maria Elisa von Zuben Tassi - Lisa/Valeta disse...

Eu nunca comi um mingau desses... ainda!

Anônimo disse...

Moro no inerir paulista e gostaria de trabalhar com a araruta, no entanto gostaria de maiores informações e se é viável na localização onde moro.grata Raquel.

Lisa Tassi disse...

Oi Raquel, pra conversarmos melhor seria mais apropriado que deixasse o seu e-mail, ou mandasse direto no meu. Dependendo onde está pode ser viável sim. Aqui em São Paulo cidades próximo ao litoral plantam com êxito esta planta.

Katia maria luiza disse...

Olá gostaria de conseuir uma muda de araruta, para matar a saudades da infancia do meu tio, como faço para conseguir moro em Minas Gerais, e aqui na região tinha, mas com o tempo e as mudanças de fazenda ele perdeu a éspecie.

Katia maria luiza disse...

olá como faço para conseguir uma muda de araruta, moro em Minas Gerais, meu tio tem saudades do mingau que comia na infancia mas com as mudanças de fazendas acabou perdendo a espécie.

Araruta da Bahia disse...

Para quem tem o interesse em adquirir a Fécula da Araruta acesse nosso site: http://ararutadabahia.loja2.com.br/category/70536-Polvilho-de-Araruta
Entregamos para todo o Brasil através do correio.

David Quirino disse...

Estou chocado por saber da quase extinção da araruta, como alimento infantil... Fui criado com mingau de araruta. Será tão inviável assim? Muito cara, talvez?...Considero isto um crime contra a humanidade!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...